O cranberry é rico em Vitamina C, K e A, ácido fólico, manganês e potássio. A fruta possui outros compostos antioxidantes além da Vitamina C, como flavonoides, polifenóis e proantocianidinas. Esses compostos antioxidantes evitam a destruição das membranas celulares, pois neutralizam os radicais livres, impedindo a formação de placas de colesterol nos vasos sanguíneos.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, com mais de mil mulheres, concluiu que o suco de cranberry pode diminuir a quantidade de infecções do trato urinário principalmente em casos reincidentes. No entanto, o trabalho não indicou qual seria a quantidade diária necessária. A pesquisa ressalta que o consumo do suco não deve substituir o tratamento convencional da infecção.

Além disso, estudos indicam que o consumo de cranberries previne cálculos renais. A fruta provoca a acidificação da urina, prevenindo a formação de substâncias alcalinas (fosfato de amônio e cálcio) e a deposição de minerais no trato urinário.

Os cranberries estão disponíveis na forma de frutas frescas e secas, sucos e molhos. Os sucos e molhos industrializados estão disponíveis o ano todo, já a fruta é difícil de ser encontrada no Brasil.